Publicar artigos é muito importante para universidades e principalmente para os estudantes que vislumbram oportunidades na carreira acadêmica e científica. É através da divulgação dos artigos científicos que a comunidade acadêmica conhece os diferentes temas que estão sendo pesquisados, além de estabelecer contato com o autor e sua pesquisa. É recomendado que os estudantes, desde a graduação, desenvolvam pesquisas e produzam artigos científicos para serem apresentados em congressos, e também publicados em revistas científicas. Para os alunos da pós-graduação, a produção e a publicação de artigos durante a realização do mestrado ou doutorado é uma condição para a obtenção do grau desejado.

Além disso, para ser aceito em periódicos ou eventos, o seu artigo científico precisa estar adequado às normas da ABNT. A melhor dica é escrever o texto já dentro da ABNT desde o início. Confira a estrutura típica de um artigo nesse manual básico criado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRS.

Procure Ler Bastante Sobre e Atente-se à Linguagem

Para que seu artigo seja relevante exige-se que tenha linguagem correta e precisa, coerência na argumentação, clareza na exposição das ideias, objetividade, concisão e fidelidade às fontes citadas. Às vezes, mesmo sem ter essa intenção, um aluno acaba deixando de dar alguma referência e tem o seu texto enquadrado como um plágio e para que isso não ocorra, faça referência de forma direta ou indireta em todos os momentos que ideias de terceiros forem citadas.

Antes de começar um projeto de pesquisa, é importante também checar diversos conteúdos da área para conhecer tudo o que já foi falado sobre o tema. Além disso, é preciso fazer um levantamento de publicações que podem ser utilizadas para dar base ao seu projeto.

Cuide para que não haja contradições no desenvolvimento das ideias da pesquisa. A Introdução, Desenvolvimento e Conclusão devem estar alinhados e relacionados entre si, apresentados de forma lógica. Use termos técnicos na medida certa, sem exageros, assim você amplia o alcance para um público maior.

Escolha o Periódico (Revista para Publicação)

Publicar um artigo em um periódico especializado garante muitos pontos no currículo de um estudante. Por isso, esteja atento para as publicações mais relevantes de sua área.

Após ter uma visão geral do trabalho, comece a pensar na revista que você deseja ter o seu trabalho divulgado. Leia diversos artigos e tente observar o formato que eles seguem e pense nessa estrutura quando estiver escrevendo.

Considere publicar seu artigo em um periódico internacional porque um artigo bem pesquisado e que trata de um tema relevante, tem muita chance de ser aceito por uma publicação internacional e o desafio do idioma poderá ser uma das tarefas mais importantes do processo. Por mais que você tenha grandes conhecimentos linguísticos no idioma no qual o artigo será traduzido, é importante que um tradutor especializado faça a revisão final antes do documento ser submetido para publicação.

Procure uma boa empresa de tradução que tenha profissionais capacitados nas mais diversas áreas do conhecimento e possam fazer um trabalho cuidando dos mínimos detalhes, assim como é feito na Universo com seus colaboradores aptos para cuidarem de todos os tipos de textos técnicos e acadêmicos.

Revise e Acompanhe a Publicação!

Para começar o processo de revisão de um artigo, deixe-o descansar por alguns dias e depois leia-o artigo inteiro, sem se preocupar em realizar correções ou sugestões. Comece adquirindo uma visão do trabalho como um todo para detectar problemas de conteúdo e depois para avaliar a linguagem e a gramática.

Uma boa dica é pedir para um colega de sua área ler o artigo ou contratar um profissional especializado para revisar e corrigir erros gramaticais, ortográficos e de linguagem, além de revisar a formatação e verificar se estão de acordo com as normas da ABNT. (Lembre-se que a Universo também tem profissionais muito bons na área de revisão textual!)

Por fim, após divulgar a sua pesquisa, tente observar a repercussão do seu trabalho no mundo científico. Observe as contribuições acadêmicas da sua pesquisa. Ao visualizar quem está citando o seu artigo, procure entender quais reflexões estão sendo geradas a partir dele. Os comentários, tanto críticos quanto elogiosos, são fundamentais para sua evolução acadêmica.