Características do idioma espanhol

O espanhol é a língua mais falada das línguas românicas, tanto em números de falantes como em números de países nos quais é o idioma dominante. Além de ser usado na Espanha, o espanhol é a língua oficial de todos os países da América do Sul (com exceção do Brasil e da Guiana), das seis repúblicas da América Central, do México, Cuba, República Dominicana e Porto Rico. Também é falado em partes do Marrocos, na costa oeste da África e na Guiné Equatorial. Nos Estados Unidos é amplamente usado em estados como Texas, Novo México, Arizona e Califórnia. Uma forma do espanhol chamada ladino, ou judeu-espanhol, é falado na Turquia e em Israel por descendentes de judeus expulsos da Espanha em 1492. Em suma, existem cerca de 350 milhões de falantes de espanhol no mundo.

A pronúncia e o uso do espanhol variam segundo o país. No entanto, as diferenças regionais não são tão grandes a ponto de que um habitante da Colômbia não possa entender outro da Espanha.

O vocabulário é basicamente de origem latina, embora muitas palavras diferenciem-se fortemente de seus equivalentes em francês ou italiano. Muitas palavras que começam com f em outras línguas românicas, começam com h em espanhol (por exemplo: hijo, hilo). A influência moura é visível nas palavras que começam com al- (algodón, alfombra, almohada, alfiler). Igual ao inglês britânico e americano, existem diferenças no vocabulário do outro lado do oceano (principalmente na Espanha).

Pontos de interrogação e de exclamação: No espanhol existem os sinais de abertura de interrogação e exclamação ¿ e ¡. Podendo aparecer no início ou meio de uma frase.

Medidas: Com algumas exceções, como no caso dos falantes de espanhol nos Estados Unidos, o sistema de medição utilizado em espanhol é o métrico. No entanto, as polegadas são usadas em alguns casos como, por exemplo, em tamanhos de televisores.

Hora: Na Espanha utiliza-se o relógio de 24 horas, exemplo: 10.00 / 15.00.

Data: O formato é 25/08/99 ou 25-08-99.

Gênero: O espanhol tem o gênero masculino e o feminino. O gênero modifica substantivos, adjetivos e artigos mas não modifica verbos. Exemplos: Está contenta. Está contento.

Tú e usted: A forma familiar da segunda pessoa no singular é “tú” e os verbos com “tú” são conjugados na segunda pessoa. A maneira formal da segunda pessoa no singular é “usted” e os verbos com “usted” são conjugados na terceira pessoa. O tratamento familiar é geralmente usado com amigos ou pessoas jovens. O tratamento formal é utilizado com pessoas idosas ou superiores (por exemplo, um chefe).

Voseo: Chama-se voseo o fenômeno linguístico dentro do espanhol no qual se faz uso do pronome “vos” e de certas conjugações verbais particulares para se dirigir ao interlocutor; em contraste com outras variantes da língua em que se emprega o pronome “tú”. Exemplo: “Vos hablás español” ao invés de “Tú hablas español”. Argentina, Paraguai e Uruguai são alguns dos países onde se utiliza o voseo.

Consoantes duplas: Os únicos grupos de consoantes duplas são: cc, ll, nn, rr.

Plurais: Geralmente, o plural é formado adicionando “s” às palavras que terminam em uma vogal e “-os” ou “-es” às palavras que terminam em consoante.

Palavras de uma letra: As palavras de uma letra incluem: a, e (substitui “y” antes de uma palavra que começa com “i”), ou, u (substitui  “o” antes de uma palavra que começa com “o”).

Maiúsculas: Devem ser usadas no começo de uma oração ou em nomes próprios.

Se você é um cliente que precisa que o seu documento seja traduzido para um dialeto específico do espanhol, certifique-se de que o tradutor é nativo do país ao qual se dirige a tradução. Se isso não for possível, certifique-se de que o tradutor a quem confia a sua tradução está morando ou já morou um período de tempo considerável nesse país.

Compartilhe

Faça um orçamento instantâneo

Uma solução fácil para você ganhar tempo e qualidade, fale com um de nossos atendentes.

Artigos relacionados