Você sabia que existem diferentes tipos de tradução?

Quando você quer saber o significado de uma palavra em outro idioma, onde costuma procurar? Provavelmente faz uso de um dicionário ou tradutor automático. Mas e quando você precisar passar um contrato para outro idioma? Quem sabe um trabalho acadêmico ou artigo cientìfico? Acredito que recorra a um tradutor profissional!

 

Tipos de Tradução

Existem diferentes tipos de tradução no mercado e hoje vamos falar sobre elas: tradução automática, tradução assistida por computador e tradução profissional. Vai entender como funciona cada uma, quando deve usar e qual o seu nível de  qualidade. Vamos lá?!

 

 

#1 Tradução Automática

A tradução automática envolve o uso de um software, que utiliza um conjunto de algoritmos para determinar o vocabulário e as regras gramaticais de um idioma. Ela é indicada quando quiser saber o significado de uma palavra e ter a compreensão geral de um texto. O Google Translate é o programa mais conhecido, mas tem também o Big Translate e o Linguee.

Como a programação não identifica o contexto e a intencionalidade da comunicação, não é recomendada na tradução de trabalhos acadêmicos, livros, documentos, contratos, artigos científicos ou qualquer material que exija qualidade na conversão de idioma.

Quanto ao nível de qualidade, pode-se que é básico. Como disse antes, trata-se de uma tradução literal, que não considera contexto, expressões e gírias.

 

 

#2 Tradução Assistida por Computador (CTA)

Nessa categoria, um tradutor profissional trabalha em conjunto com um software. Um processo interativo em que o tradutor faz uso da tradução automática apenas como uma forma de facilitar o processo. Fora as consultas a dicionários, glossários e gramáticas que fazem parte da rotina de tradução.

Se na tradução automática é preciso um tradutor humano para corrigir erros e garantir a qualidade da translação, na Tradução Assistida por Computador essa etapa já está inclusa no software, que consiste em criar uma base de dados de termos e um guia. O programa ainda permite incluir serviços de editoração, localização e pós-edição. Um modelo mais preciso que a tradução automática simples.

A qualidade de uma Tradução Assistida por Computador é melhor, já que envolve o trabalho de um tradutor profissional. Contudo, ainda é de nível médio.

 

 

3# Tradução Profissional

Considerado o modelo de tradução mais confiável e preciso, a Tradução Profissional é realizada por um tradutor especializado no idioma, ou por um nativo. Contudo, ela é mais lenta que as assistidas por um software.

Textos complexos exigem a intervenção de um profissional para assegurar a precisão e clareza. Na tradução de documentos, contratos, artigos científicos e até trabalhos acadêmicos é comum a intervenção de uma pessoa que domine a língua, garantindo a transcrição do conteúdo o mais fiel possível, sem deixar de considerar gírias e expressões locais.

Aqui estamos falando de tradutores nativos, pessoas que realmente conhecem o idioma, além de possuir técnicas de tradução. Com certeza uma qualidade de nível profissional!

Agora você já conhece os principais tipos de tradução que existem no mercado, quando deve usá-las e qual seu nível de qualidade. Se gostou deste conteúdo, então compartilhe com seus amigos.